Primeiro-ministro da Guiné-Bissau Nuno Nabiam entregou esta terça-feira (24//11) o Orçamento geral de Estado para o ano económico 2021 na Assembleia Nacional Popular e aponta a os sectores sociais e infira-estruturação do país como prioritários.

Ao todo são cerca de 253 milhões de Francos Cfa, (380 milhões de Euros).

Nabiam, afirma que o OGE ora entregue, não espelha aquilo que era a expectativa do investimento que o governo pretende para o ano 2021, mas tendo em conta  as restrições impostas dos parceiros económicos da Guiné-Bissau, foi o documento possível.

Neste particular, o chefe do governo, espera uma discussão no parlamento, capaz de interpretar a letra o contexto em que o OGE foi elaborado e subsídios para a sua aplicabilidade para o bem da população guineense.

“Nós concentrarmos muito no país, como sabem a Guiné-Bissau, viveu períodos difíceis motivados pela constante instabilidade, há situações graves no que se refere as áreas sociais sobretudo, saúde, educação e a infira-estruturação, pelo que vamos dar uma atenção especial a esses sectores tidos como prioritários pelo meu governo”, refere Nuno Nabiam.

Em relação ao investimento público, o chefe do executivo, fala num documento capaz de atrair e dar garantias aos investidores estrangeiros, pelo que, diz Nabiam, quer que documento consta no primeiro ponto da agenda desta sessão da ANP da décima legislatura marcada para o dia trinta de Novembro.

Questionado sobre o pedido de demissão do Ministro guineense da Economia, Victor Mandinga, no passado dia 5 de Novembro, o chefe do governo Nuno  Nabiam, disse não ter aceite o pedido, por se tratar de uma peça fundamental neste executivo    para o relançamento da economia da Guiné-Bissau. “Vamos tentar conversar e gerir a situação da melhor forma para ver se de fato o ministro volte assumir as suas funções,” revela o governante.

Ainda este ano, o governo tinha apresentado apresentou um OGE de cerca de 280 mil milhões de francos Cfa, cerca de 400 milhões de Euros.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.