Inaugurado o Comboio Expresso Regional de Dacar.

Foi inaugurado nesta segunda-feira, 27 dezembro 2021, o Comboio Expresso Regional (TER), um projeto emblemático do Plano Emergente do Senegal (PSE).

O TER é um sistema de transporte de massas de última geração em linha com as ambições de país emergente do Senegal.

Com um custo de 780 mil milhões de FCFA livre de impostos, incluindo 76 mil milhões para direitos de passagem e 10 mil milhões para apoio a projetos sociais, o Comboio Expresso Regional é o resultado de um pacote financeiro com base numa taxa de juros de crédito de 2% concecional ao longo de 25 anos.

Características do TER

Do ponto de vista das características técnicas, o Comboio Expresso Regional que opera em modo dual, elétrico e térmico, tem uma velocidade de 160 km / h, é executado em duas pistas padrão e uma pista métrica de 36 km cada, ou sejam 108 quilómetros. Serve quatorze estacoes entre Dacar-Ville de Diamniadio, numa viagem de 45 minutos;

Cada comboio possui 4 vagões com capacidade máxima de 565 passageiros com dois níveis de conforto;

Os horários estão previstos para partidas a cada 20 minutos até as 22:00 e aos domingos com WiFi, tablets, luzes de leitura e tomadas de 220 volts disponíveis para viajantes de 1ª classe e ar condicionado para todos os passageiros.

O primeiro do género na África Ocidental, este comboio visa aliviar o congestionamento em Dacar, que concentra em 0,3% do território um quinto da população senegalesa e quase todas as atividades económicas do país.

Nesta primeira fase, o Comboio Expresso Regional terá capaz para transportar 115.000 passageiros diariamente e os preços variam entre 500 e 2500 francos CFA.

A 2ª fase do Comboio Expresso Regional, ou seja, 19 quilómetros de vias adicionais, ligará Diamniadio ao novo aeroporto AIBD no final de 2023.

O financiamento vem do: Banco Islâmico de Desenvolvimento (BID): 197 mil milhões de FCFA; Banco Africano de Desenvolvimento (BAD): 120 mil milhões; Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD): 65 mil milhões de FCFA; Tesouro público francês: 53,6 mil milhões de FCFA; Apoio ao orçamento: 65 bilhões de FCFA; Banco de investimento público (Bpifrance): 13 mil milhões de FCFA.

O Estado do Senegal forneceu o complemento.

O que pensas sobre este novo comboio? É mais uma oportunidade para promover mobilidade? Dá-nos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.