O taekwondoista tunisiano Khalid Jendouba ofereceu a segunda medalha, esta em prata, ao Continente.

Aos 19 anos, ele ganhou a medalha neste sábado, 24 de julho 2021, no combate da final com italiano Vito Dell Aquila, par os de -58 quilos.

Nas meias-finais, o tunisino derrotou o atual campeão mundial, o coreano Jan Jun.

O jovem taekwondoista e o seu compatriota o nadador Ahmed Hafnaoui, que conquistou ouro na natação, na final dos 400 metros livre abriram o caminho para outros atletas do continente africano nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2021.

O Diretor Técnico Nacional (DTN) da Federação Tunisiana de Taekwondo, Ridha Houimli, disse estar feliz em ver Khalid Jendouba ganhar a medalha de prata em Tóquio.

“Estamos muito satisfeitos. Ele é um grande talento, um grande campeão, um grande atleta”, disse.

“Khalil Jendoubi é muito inteligente, permanece calmo quando luta e calculou bem as distâncias antes de atacar. É uma pena que ele tenha perdido a final no último minuto. Gostaríamos que ele ganhasse a medalha de ouro. Esperamos que ele conquiste a medalha de ouro nas Olimpíadas de Paris em 2024. Essa é a nova meta “, acrescentou o dirigente da federação tunisina.

Mudando de modalidade, futebol, o tão esperado encontro do público africano entre a Costa do Marfim e o Brasil, este domingo, 25 de julho 2021, terminou com um empate sem golos.

O Egito, atual campeão africano Sub-23, perdeu frente à Argentina (0-1), enquanto a África do Sul foi derrotada pela França (3-4), no 2º dia da fase de grupos dos 32º Jogos Olímpicos de Tóquio.

A seleção francesa venceu em tempo de compensação no segundo encontro do Grupo A contra a África do Sul (4-3).

Uma vitória obtida com muita dor graças a um “hat-trick” do “veterano” André-Pierre Gignac e a um feito salvador de Téji Savanier.

Com duas derrotas em igual número de partidas, os jovens Bafana-Bafana já estão eliminados destas Olimpíadas Japonesas.

No Grupo C, a Argentina, que tinha perdido na abertura com a Austrália (0-2), recuperou bem e venceu (1-0) o Egito que tinha mantido a Espanha em respeito (0-0), graças a um gol de seu defesa Facundo Medina (52 ‘).

Os egípcios jogarão sua qualificação para os quartos de final contra a Austrália nesta quarta-feira, 28 julho 2021.

Espetacular na estreia contra a Alemanha (4-2), o Brasil “tropeça” no Grupo D contra a Costa do Marfim (0-0) na segunda jornada do torneio de futebol.

Com 4 pontos conquistados em duas partidas, os “Elefantes Olímpicos” (nome pelo qual é conhecida a seleção marfinense) podem validar a sua passagem para os quartas-de-final, em caso de empate contra a Alemanha, no terceiro e último dia da fase de grupos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.