Malawi investe 65M dólares em energia solar.

A Central de Energia Solar Fotovoltaica de Bwengu, que se situa na região norte do país, abrangerá 105 hectares e está programada para ser concluída em 12 meses ao custo de 65 milhões de dólares.

Este projeto que foi anunciado como parte da assinatura de um acordo de compra de energia que envolve várias empresas, enquadra-se numa parceria liderada pela Quantel Renewable Energy, uma produtora independente de energia com sede nos EUA.

De acordo com o CEO da Quantel, Marvis Fields, a central solar fotovoltaica de Bwengu, tem potencial para gerar 65 mwp/ano, resultando num fornecimento de energia limpa e sustentável para as famílias e empresas do Malawi.

O Ministério da Energia do Malawi afirmou em comunicado que este aumento de eletricidade está de acordo com a meta do governo de gerar 1.000 MW até 2025, bem como com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 7 (ODS7) da ONU, que visa permitir o acesso a energia barata, confiável, sustentável e moderna para todos.

O Ministro também sublinhou que este projeto está alinhado com os objetivos da Política Nacional de Energia de diversificar as fontes para geração de energia e da localização das centrais por todo o país.

Com uma população de cerca de 19 milhões de pessoas, o país sem litoral tem capacidade de geração de energia de aproximadamente 363 MW, com energia hidrelétrica que responde por quase 90% dessa capacidade.

O acesso à energia é agora de 4% nas áreas rurais do Malawi e 42% nas áreas urbanas e apenas 11% das pessoas têm acesso à mesma, estatísticas estas que que o governo espera aumentar para 30% até 2030.

 

O que achas deste projecto? Tem que se apostar mais em energia solar? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

Imagem: © 2022 Ministério da Energia do Malawi
close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.