Mali o maior produtor de algodão africano 2021/22.

O Mali lidera a produção africana para a campanha de 2021/22, seguido pelo Benim, Costa do Marfim e Burquina Faso, segundo projeções americanas.

Uma projeção feita num relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) datado 28 de setembro de 2021.

As projeções desses resultados resultam, de facto, da exploração de uma área quase recorde e de condições climatéricas favoráveis ​​ao estabelecimento e desenvolvimento de culturas de Junho a início de Setembro, especifica o documento cuja autenticidade foi confirmada pela Companhia do Mali para o desenvolvimento de têxteis (CMDT).

O Mali plantou um recorde de 795.000 hectares (ha), 630.000 hectares (382%) acima da colheita recoltada no ano passado (2020), disse o documento. Além disso, o relatório americano explica que a Costa do Marfim também semeou uma área agrícola recorde de 460.000 ha, enquanto o Benim e o Burquina Faso semearam cada um mais de 600.000 hectares este ano (2021).

“Estou muito feliz por ver que a campanha de descaroçamento está a todo o vapor e indo muito bem graças ao empenho e boa vontade da equipa industrial do CMDT”, declarou Nango Dembélé, CEO do CMDT, apos ter visitado a região de Sikasso, uma área de cultivo de algodão do país.

O USDA prevê uma produção de quase 5,86 milhões de fardos para a zona francófona africana, um milhão de fardos (21%) acima do ano passado e 59.000 fardos abaixo (1%) em comparação com a colheita recorde da temporada 2019/2020.

Vale a pena destacar que a área da colheita deve ficar em 3,1 milhões de hectares, um aumento de 710 mil hectares (29%) em relação ao ano passado e 5 mil hectares em relação ao recorde da campanha 2019/2020.

No entanto, para comemorar esta vitória agrícola, o Estado do Mali terá de esperar até ao final da compilação dos últimos números relativos à quantidade de algodão produzida este ano (2021).

O que pensas sobre isto? Os países africanos deveriam processar os seus produtos, antes de os exportar? Dá-nos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.