Mangais Golf Resort, conhece?

O setor de hospitalidade de luxo de Angola ainda está na sua “infância”, mas inspirado em outros países africanos, como Botsuana, África do Sul e Quénia, tem grandes ambições para o futuro.

Josphat K. Maikara é o Embaixador do Quénia em Angola e membro do clube de golfe Mangais e diz-nos que se Angola conseguir desenvolver mais infraestruturas como Mangais, acredita que “o turismo como sector pode crescer e o Quénia está pronto para ser parceiro de Angola”.

Como países africanos, acreditamos na prosperidade partilhada, no crescer juntos, acrescentou o Embaixador.

O Mangais Golf Resort, situado numa zona muito bonita, é considerado um líder na alta hotelaria angolana.

Parte do que o torna especial, explica a gerente do hotel Catarina de Castro, é que ele é o único no país que tem um campo de golfe, um campo de futebol e râguebi, hipismo e uma magnífica vista sobre o rio Kwanza.

A pandemia desafiou hotéis em todo o mundo, no entanto, no eco-resort Mangais, protocolos de segurança rígidos estão em vigor e os negócios continuam a aumentar.

Os seus clientes variam desde aqueles que gostam de vir de férias até aqueles que querem respirar o ar livre.

Mangais Golf Resort, conhece?
Mangais Golf Resort, conhece?

Nelson Martins está hospedado no Mangais e diz que “é excelente porque há atividades e locais onde as crianças podem se divertir. Tem áreas verdes”.

Como gosta de estar em contacto com a natureza, o resort corresponde perfeitamente às suas expectativas de férias.

Catarina concorda que crescer é o caminho a seguir e para criar que ela acha que é preciso apostar, investir, formar pessoas e acredita firmemente que Mangais está no caminho certo.

Mas há mais exemplos brilhantes. No centro de Luanda, o luxuoso Epic Sana é uma referência.

Atrai principalmente empresários que continuaram a frequentar a cidade durante a pandemia e que se sentem tranquilos com a política “SANA Safe’” do hotel, que coloca a saúde dos seus hóspedes em primeiro lugar.

Catarina De Pina Joana, gerente de marketing do Epic Sana Hotel Luanda, confirma que os seus colaboradores estão muito atentos às medidas de distanciamento social que devem ser aplicadas. Eles usam máscaras e seguem as regras em vigor e esse é um dos motivos pelos quais eles “continuam abertos”

Para os funcionários do Epic Sana Hotel Luanda, é um momento emocionante para trabalhar nesta área da hospitalidade.

A indústria está a começar a florescer.

Como explica Quinanga Simão Mazembo, Assistente do Departamento de Custos e Controle do hotel, “quanto mais atrairmos turismo, mais crescerá o nível d0 setor hospitalidade. Haverá mais redes hoteleiras. Isso aumentará o fluxo de visitantes ao nosso país”

O crescimento do turismo está a aparecer. Já existe um Hotel Intercontinental novo em Luanda. É o primeiro hotel 5 estrelas de marca internacional.

Este artigo foi publicado inicialmente, pela Euronews.

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.