Manuel Barros, novo diretor da RN de São Tomé.

“É nomeado o senhor Manuel de Barros Vaz Bandeira para, em comissão de serviço, exercer as funções de diretor da Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe”, lê-se no despacho do secretário do Estado da Comunicação Social, datado de 26 de Janeiro de 2022, com efeitos imediatos.

Manuel Barros correspondente de Mercados Africanos, agora nomeado para dirigir a Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe, marcou os nossos leitores pelo seu compromisso africano e artigos de grande qualidade e idoneidade.

Profundo conhecedor da realidade do seu país, Manuel Barros habituou os nossos leitores a analises detalhadas da realidade de São Tomé e Príncipe.

Uma das suas entrevistas mais lidas terá sido sem dúvida a que efectuou ao Primeiro-Ministro do Arquipélago.

Manuel Barros já exerceu por diversas vezes cargos de direção de órgãos de comunicação social do Estado.

Foi diretor do extinto Jornal de Notícias (atual Agência de Notícias de São Tomé e Príncipe, STP-Press), diretor da Rádio Nacional (1997 a 2000) e exerceu ainda dois mandatos, no total de seis anos, enquanto diretor da Televisão São-tomense (TVS).

Além disso, Manuel Barros foi correspondente de vários órgãos de imprensa internacional, particularmente de Portugal, onde foi, durante mais de 13 anos, correspondente da agência Lusa, e trabalhou com os jornais Público, Expresso e O Semanário.

Foi também correspondente da BBC de Londres, da Agência France-Press (AFP) e da Rádio France Internacional (RFI).

O novo diretor da Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe foi também membro fundador do sindicato dos jornalistas são-tomenses, do Conselho Superior de Imprensa e integra atualmente a comissão de atribuição da carteira profissional de jornalistas são-tomenses.

Mercados africanos, deseja a Manuel Barros um excelente trabalho nas suas novas funções.

 

O que achas desta nomeação? O nosso correspondente, é o homem certo para esta posição? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Veja Também:

STP: Reestruturar para permitir mais investimentos

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.