Em comunicado divulgado pelo Banco Mundial, este aprovou uma doação de 100 milhões de dólares americanos em apoio ao Projeto de Transformação Urbana de Maputo para investimentos críticos em infraestrutura urbana e apoiar a implementação de reformas municipais.

“Este investimento irá em última instância alavancar o papel da cidade de Maputo enquanto motor económico, através de investimentos em infraestruturas e serviços urbanos, assim como reformas que garantam que a urbanização contribua para o crescimento económico, redução da pobreza e transformação estrutural”, observou Idah Z. Pswarayi-Riddihough, Diretora do Banco Mundial para Moçambique, Madagáscar, Comores, Maurícias e Seychelles.

“A urbanização não beneficiou por igual a todos em Maputo, visto que a cidade se expandiu de forma informal, sem um planeamento urbano eficaz e sem investimentos necessários em infraestruturas básicas e segurança da posse de terra,” disse André Herzog, Especialista Urbano Sénior e Líder da Equipe do Projeto. “A maior parte dos fundos do projeto beneficiará os pobres urbanos, investindo na melhoria dos assentamentos informais.”

“O projeto irá igualmente apoiar o município na revitalização do centro da Cidade de Maputo. Outrora o principal motor de crescimento, o centro da cidade, conhecido como Baixa, tem perdido cada vez mais sua importância económica”, acrescentou Hannah Kim, Especialista Urbana e colíder da Equipa no Projeto.

Esta operação está em linha com as prioridades do país delineadas no seu Plano Quinquenal, bem como, com o Quadro de parceria do Banco Mundial para o período fiscal 2017-21, que reconhece que uma economia mais diversificada, sustentável e resiliente exigirá investimento em urbanização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.