Marrocos investe 70 milhões de euros para água potável.

Marrocos vai investir 70 milhões de euros para a implementação do Projeto de Reforço da Produção e Melhoria do Desempenho Técnico e Comercial dos Sistemas de Água Potável.

Esta nova operação visa melhorar a eficiência dos sistemas de produção e garantir ainda mais o acesso à água potável para as cidades de Meknes, Tissa, Missour e Outat El Haj.

O projeto ajudará a aumentar a capacidade de armazenamento e a controlar as fugas de água. Irá também melhorar ainda mais o serviço aos utilizadores e partilhar conhecimentos nas áreas do ambiente, monitorização e avaliação e novas tecnologias.

O empréstimo de 70 milhões de euros foi concedido pelo Conselho de Administração do Banco Africano de Desenvolvimento nesta sexta-feira, 24 dezembro 2021, em Abidjan sede dessa instituição financeira pan-africana.

“Garantir o acesso a água potável de qualidade para todos é um pré-requisito para o desenvolvimento sustentável”, disse Mohamed El Azizi, diretor geral do BAD para o Norte de África.

Por seu lado Achraf Hassan Tarsim, o representante nacional do Banco em Marrocos acrescentou que “O nosso objetivo é ajudar a reforçar e assegurar o acesso a água potável a milhões de pessoas nas cidades e zonas rurais”, acrescentou. “Estamos a apoiar a implementação do novo modelo de desenvolvimento do Reino”, salientou ele.

“Esta primeira fase do projeto permitirá que cerca de quatro milhões de pessoas beneficiem de serviços de água mais fiáveis e seguros”, disse Osward Chanda, diretor do Departamento de Água e Saneamento do Banco Africano de Desenvolvimento.

“A nossa parceria histórica com o Reino ajudará a salvaguardar a saúde das populações urbanas e rurais e a melhorar ainda mais a sua qualidade de vida”, acrescentou.

Este empréstimo enquadra-se nas cinco prioridades estratégicas (as ‘High 5’) do Banco, que visam estabelecer as condições para um crescimento sustentável e inclusivo no continente.

O Banco Africano de Desenvolvimento está ativo em Marrocos há mais de cinquenta anos e os financiamentos abrangem a saúde, água, agricultura, energia, transportes, desenvolvimento humano e o setor financeiro.

O que pensas sobre isto? A água potável em África continua a ser um problema? Dá-nos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.