MCA Group entrega diplomas de formação.

O MCA Group, efectuou a entrega de diplomas a jovens recém-formados em carpintaria em Benguela, Angola. Esta é uma das acções do grupo que tem apostado no desenvolvimento de capital humano através da formação de modo a desenvolver a província de Benguela.

 

MCA Group

Fundado em 1998, o MCA Group, conta com mais de 2000 colaboradores num trabalho em que se destaca pela competência, experiência, capacidade de resposta, recurso a tecnologias inovadoras, qualidade, ambiente e segurança, logística global e forte responsabilidade social, estando presente em 10 áreas de intervenção.

O Grupo iniciou atividade em sectores estratégicos da economia internacional com investimentos na área das energias limpas, smart cities, sensorização e concetividade, e valorização de resíduos.

É actualmente uma realidade empresarial global, encontrando-se presente em 3 continentes, mais precisamente em Portugal, Angola, Moçambique, Espanha, São Tomé, Uganda, Quénia, Gana e no México tem feito um esforço permanente de construção de novos caminhos para um futuro ainda mais sólido, sustentável e abrangente.

Em todos os países em que se encontre, procura uma permanente compatibilização entre o local e o global, de mobilização e valorização de recursos humanos e materiais, de parcerias locais, nacionais e internacionais, e de uma constante ambição, com inovação e sentido de responsabilidade social.

Em Angola, está empenhado na promoção da transição energética, preparando-se agora para lançar um novo empreendimento nesta área – a electrificação de 60 comunas em zonas rurais de Malanje, Bié, Moxico, Lunda Norte e Lunda Sul, levando energia de origem renovável a cerca de 203 mil lares e beneficiando mais de um milhão de pessoas.

O projecto, a dois anos, consiste na implementação de sistemas híbridos de geração fotovoltaica e de armazenamento de baterias de ião-lítio, assim como na criação de novas redes de distribuição de energia, e irá gerar ganhos económicos para o país e populações abrangidas avaliados entre 3,1 e 5,9 mil milhões de euros num período de 20 anos.

 

A entrega de diplomas

Nesta passada sexta-feira, 6 de Maio de 2022, na Baía-Farta, Benguela, foi entregue a um grupo de 10 jovens angolanos, os diplomas pela frequência e conclusão de um curso de carpintaria promovido pelo MCA Group, durante o qual criaram centenas de bancos, cadeiras, mesas, camas e outros objectos.

Estes objectos em madeira, foram feitos, reaproveitando a madeira das paletes que trouxeram para a região os painéis fotovoltaicos para os parques solares que o Grupo está a implementar na província.

A formação, com a duração de dois meses, foi ministrada por um técnico angolano na Marcenaria Ezequiel, Baía-Farta, uma das localidades onde um consórcio internacional liderado pelo MCA Group está a desenvolver parques fotovoltaicos que vão levar energia verde a milhares de famílias daquela região e do Biópio, contribuindo ainda para a inclusão social e emprego local.

Os formandos, recrutados localmente, recorreram às cerca de 515 toneladas de madeira de pinho das paletes oriundas da Suécia, e criaram 300 carteiras escolares, 20 bancos corridos duplos e 54 simples, dos quais 35 com encosto, cinco camas, quatro biombos, 20 prateleiras e cinco mesas, material que a multinacional de origem portuguesa irá distribuir por escolas, hospitais e outras entidades da região.

A formação ministrada e a oferta às comunidades dos objectos criados integram-se nas políticas de Sustentabilidade e de Responsabilidade Social do MCA Group, que tem apostado na qualificação do maior número de jovens angolanos nos locais onde opera.

Nas próximas semanas, o Grupo irá replicar esta formação no Biópio, com a reciclagem de mais de uma centena de paletes de madeira, para criar objectos que as comunidades necessitam.

 

Parques fotovoltaicos

Os parques do Biópio e da Baía-Farta integram o mais importante projecto de energia solar fotovoltaica em Angola, devendo ser ligados à rede eléctrica já no próximo mês de Julho.

Lançado em Março de 2021, o empreendimento está a ser desenvolvido por um consórcio liderado pelo MCA Group que inclui a norte-americana Sun Africa, além de parceiros da Holanda, Coreia do Sul e Suécia.

O projecto integra mais cinco parques fotovoltaicos em Saurimo (Lunda Sul), Luena (Moxico), Cuito (Bié), Bailundo (Huambo) e Lucapa (Lunda Norte), que deverão começar a gerar electricidade renovável no início de 2023.

No seu conjunto, os parques, compostos por um milhão de painéis solares, vão levar energia a cerca de 400.000 habitações, uma comunidade de aproximadamente 2,4 milhões de pessoas, incluindo em meios rurais.

 

Os benefícios

Com uma produção na ordem dos 370 MWp, os parques vão permitir uma redução anual de emissões de perto de um milhão de toneladas de CO2e (dióxido de carbono equivalente) e uma poupança para Angola de cerca de 2,54 mil milhões de euros no seu período de vida útil.

Esta projecção de poupança é calculada a 20 anos, nomeadamente por via da eliminação da necessidade de consumo de 1,4 milhões de litros de gasóleo em geradores e produção térmica, com efeitos fortemente poluentes.

Outra das vantagens é a criação de emprego local. Até ao presente, foram criados cerca de 860 postos de trabalho, sendo que 97% foram exclusivamente nacionais.

 

Conclusão

O MCA Group é claramente uma das empresas estrangeiras que se encontra em Angola, não para se apropriar dos seus recursos, mas sim para, em simbioses, levar ao desenvolvimento do país.

Indubitavelmente, os governantes, deviam pensar mais em apostar em empreses do género do MCA Group em vez da ´s grandes multinacionais, que nada fazem para desenvolver o país, limitando-se a explorar Angola, como se esta não fosse uma nação independente, mas sim uma colónia de qualquer tipo.

Parabéns ao MCA Group pelo seu empenho e dedicação e esperemos que não se fiquem por aqui.

 

O que achas desta aposta do MCA Group? Concordas que é importante para Angola haver mais empresas que se preocupem com o país? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

MCA instala 1M de painéis solares em Angola

Imagem: © 2022 MCA Group
close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.