Moçambique posicionou-se na 26.ª posição do Índice Ibrahim de Governação Africana (IIAG), mostrando uma tendência de deterioração acelerada, indica um relatório publicado na segunda-feira (16/11).

Moçambique totalizou 49 pontos, menos 0,2 do que há dez anos, registando declínios acentuados nas categorias de “Participação, direitos e inclusão” e de “Segurança e Estado de direito”.

Tal como com Moçambique, o Índice Ibrahim de Governação Africana (IIAG) registou um declínio pela primeira vez desde 2010.

A pontuação média geral diminuiu 0,2 pontos em 2019 para 48,8 em relação aos 49 pontos de 2018, o que representa a primeira queda anual numa década.

O declínio recente é atribuído a uma deterioração do desempenho em três das quatro categorias do IIAG: “Participação, direitos e inclusão”, “Segurança e Estado de Direito” e “Desenvolvimento humano”.

Sobre Moçambique, no ano passado melhorou significativamente em “Bases para as oportunidades económicas” e “Desenvolvimento humano”.

O Índice Ibrahim de Governação Africano (IIAG) mede anualmente a qualidade da governação em 54 países africanos através da compilação de dados estatísticos do ano anterior.

Em 2019, registou um declínio anual pela primeira vez desde 2010 da pontuação média geral, que diminuiu 0,2 pontos para 48,8 em relação aos 49 pontos de 2018.

No total das quatro categorias, apenas oito países conseguiram melhorar ao longo da década: Angola, Chade, Costa do Marfim, Etiópia, Madagáscar, Seicheles, Sudão e Togo.

O Índice Ibrahim de Governação Africano (IIAG) mede anualmente a qualidade da governação em 54 países africanos através da compilação de dados estatísticos do ano anterior.

O IIAG 2020 mantém as mesmas quatro categorias, mas passou a incluir novos indicadores sobre o meio ambiente e a igualdade e uma nova secção totalmente dedicada às Vozes dos cidadãos de África.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.