O empresário moçambicano Agostinho Vuma foi reeleito para um segundo mandato como presidente da Confederação da Associações Económica de Moçambique (CTA).

Agostinho Vuma, que concorria pela lista “A”, ganhou a eleição com 68 votos a seu favor contra 47 do adversário, também empresário Álvaro Massinga, que concorria para a lista “B”.

A eleição teve lugar durante a XXIX Assembleia Geral Ordinária que também elegeu os órgãos sociais para o quadriénio 2020-2024.

No seu primeiro discurso após a sua reeleição, Agostinho Vuma comprometeu-se a trabalhar para garantir a segurança dos empresários e criar condições para que Moçambique seja um destino privilegiado para o investimento nacional e estrangeiro.

Prometeu ser um presidente interessado e empenhado na segurança do património e da pessoa empresarial em Moçambique. O ato de posse dos corpos de direção da CTA teve lugar no dia 17 de Dezembro.

Na ocasião, Agostinho Vuma agradeceu todos que o apoiaram durante a campanha eleitoral, sem deixar de lado o seu concorrente direto, pela sua determinação e coragem em participar no escrutínio.

“A minha primeira mensagem é de agradecimento a lista ‘B’ pelo exercício democrático interno (…) quero agradecer ao colega Álvaro por ter tornado possível o exercício democrático em Moçambique, mas também aos membros do CTA que tornaram possível manter a tradição da nossa confederação para a execução dos dois mandatos.

Sobre as lamentações dos empresários com relação a excessiva burocracia que prejudica o ambiente de negócios, e outras barreiras que emperram a atividade empresarial, Vuma prometeu não descansar enquanto não remover todos os obstáculos.

Entretanto, Álvaro Massinga, concorrente derrotado, que encabeçava a Lista “B”, prometeu tudo fazer para ajudar na dinamização do sector privado.

“Dentro da CTA existe espaço para democracia interna, em segundo lugar dar os parabéns a lista vencedora e dizer que vamos continuar a trabalhar em prol do desenvolvimento do sector privado”, disse.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.