As obras de reabilitação da linha férrea de Sena, no centro de Moçambique, começaram oficialmente.

A linha de Sena vai da Beira à bacia carbonífera de Moatize, na província de Tete. Há um ramal que vai de Mutarara a Vila Nova da Fronteira, perto da fronteira com o Maláui, e depois a Bangula, no Maláui. Este ramal está fora de operações  há muitos anos.

Uma vez concluída, a reabilitação da Linha Ferroviária de Sena irá garantir uma ligação ferroviária direta entre o Maláui e o porto moçambicano da Beira.

O ramal tem 115 km de comprimento; 44km do lado moçambicano e 71km no interior do Maláui.  Quando os trabalhos com um investimento de 46  de dólares americanos estiver concluído, o Maláui espera exportar para a Europa, através do porto da Beira.

A Beira pode ser o porto mais conveniente para empresas no sul do Maláui, mas para o norte e centro do Maláui, a principal rota para o mar irá certamente continuar a ser a ferrovia através do norte de Moçambique até o porto de águas profundas de Nacala.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.