NETFLIX e UNESCO procuram realizadores africanos.

A Netflix e a UNESCO, associaram-se para iniciar um concurso inovador de curtas-metragens sobre “Contos populares africanos reinventados” na África Subsariana.

As candidaturas para a competição “Contos populares africanos reinventados” estão  abertas até 14 de Novembro de 2021. Os seis vencedores irão criar curtas-metragens que se estrearam na Netflix

Para esse efeito, os vencedores da competição receberão formação e orientação de profissionais da indústria e um orçamento de 75 mil dólares americanos para criar curtas-metragens que irão estrear na Netflix em 2022 como “Antologia de contos populares africanos”.

Um dos principais objetivos desta competição é descobrir novas vozes e dar aos realizadores da África Subsariana visibilidade à escala global. A competição, que será organizada pelo grupo Dalberg, será aberta de 14 de outubro de 2021 a 14 de novembro de 2021.

Cada um dos 6 vencedores receberá um apoio à produção de 75 mil dólares americanos (através de uma empresa de produção local) para desenvolver, filmar e pós-produzir os seus filmes sob a orientação de mentores da indústria cinematográfica selecionados pela UNESCO e Netflix para garantir que todos os envolvidos na produção sejam devidamente recompensados. Além disso, cada um dos 6 vencedores receberá 25 mil dólares americanos.

A competição está aberta a realizadores emergentes na África Subsariana com o tema “Contos populares africanos reinventados”. Os contos populares sempre foram uma maneira importante de transmitir cultura, herança e valores às gerações futuras, ao mesmo tempo que convidam constantemente as pessoas a reinventar a sua relevância para as nossas sociedades contemporâneas.

A UNESCO e a Netflix acreditam firmemente na importância de promover histórias locais diversificadas e de as contar ao mundo. Estas reconhecem que muitos realizadores emergentes têm dificuldades em encontrar a visibilidade e os recursos certos para explorar totalmente os seus talentos e desenvolver as suas carreiras criativas.

Esta competição tem como objetivo solucionar esses problemas e permitir que os contadores de histórias africanos deem o primeiro passo na exibição do seu conteúdo a um público global.

Esta parceria também ajudará a criar emprego sustentável e incentivará o crescimento económico, ajudará a reduzir a desigualdade facilitando o acesso aos mercados globais e garantindo condições de trabalho dignas.

Os interessados/interessadas podem submeter a sua candidatura AQUI de 14 de Outubro a 14 de Novembro de 2021, às 23h59 (GMT).

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.