O Banco da Indústria (BoI), o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Africano (IFAD) disponibilizarão fundos no valor de 1,7 mil milhões de dólares para apoiar o projeto de Zonas Especiais de Processamento Agroindustrial na Nigéria.

O projeto visa aumentar a produtividade e competitividade do setor agrícola do país , reduzir a pobreza nas zonas rurais, expandir as oportunidades económicas no sector agrícola, melhorar as infraestruturas de transformação  e os serviços às famílias rurais.

Durante uma sessão interativa com jornalistas, o Conselheiro Especial Sénior para a Industrialização do Presidente do BAD, o Prof. Oyebanji Oyelaran-Oyeyinka, disse que 1.000 milhões de dólares seriam fornecidos pelo BoI, o BAD apoiaria com 500 milhões e 200 milhões da parte do IFAD.

Explicou ainda que as zonas foram selecionadas com base na concentração das atividades de transformação em áreas de elevado potencial agrícola em colaboração com o Ministério federal da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Nigéria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.