Nigéria teve crescimento de 3% em 2021.

A economia nigeriana está a recuperar de uma desaceleração histórica, graças ao apoio político do governo, do aumento dos preços do petróleo e da cooperação financeira internacional, segundo uma nota do FMI lida por Mercados Africanos.

A Nigéria saiu da recessão no quarto trimestre de 2020 e a produção aumentou 4,1% no terceiro trimestre, com crescimento amplo, exceto no setor de petróleo, que enfrenta desafios técnicos e de segurança.

O crescimento está projetado em 3% para 2021.

Os economistas do FMI também indicaram que a inflação aumentou acentuadamente durante a pandemia, atingindo um pico de 18,2% em março de 2021, mas que desde então caiu para 15,6% em dezembro.

Embora os indicadores sobre o emprego indiquem as taxas de desemprego relatadas no final de 2020 ainda não tenham baixado, as pesquisas mensais mais recentes da COVID-19 mostram o emprego de volta ao seu nível pré-pandemia, ainda segundo a mesma nota.

Apesar da recuperação dos preços do petróleo, o déficit fiscal do governo deverá aumentar em 2021 para 5,9% do PIB, refletindo subsídios aos combustíveis e maiores gastos com a segurança.

Depois de registar um déficit histórico em 2020, as contas públicas e as reservas cambiais melhoraram em 2021, apoiadas em parte pela alocação dos Direitos de Saque Especiais (DES).

A nota do FMI sublinhou que apesar da abordagem proativa das autoridades para conter as taxas e mortes de infeção por COVID-19 e a recente melhora no crescimento, as condições socioeconómicas continuam a ser um desafio.

A equipa do FMI perspetivou riscos equilibrados para a Nigéria com o lado negativo a ser marcado pelas baixas taxas de vacinação, maior serviço da dívida em relação às receitas do governo, agravamento da violência e da insegurança.

No lado positivo, o setor não petrolífero está a tornar-se mais forte, uma maior produção da nova refinaria de Dangote, a ratificação da Nigéria do Acordo da Zona de Comércio Livre Continental Africano e a recuperação de uma possível produção de petróleo.

 

O que achas da Nigeria? A economia nigeriana tem algo a ensinar a África? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

close
pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.