O Secretariado-Geral da Organização de Cooperação Islâmica (OIC) condenou nos termos mais veementes os atentados terroristas perpetrados na Província de Cabo Delgado, República de Moçambique, para alem de ter expressado grande preocupação com a situação na cidade de Palma, segundo comunicado a que teve acesso, ontem (01/04) Mercados Africanos.

Estendendo a sua solidariedade a Moçambique na luta contra o terrorismo, o Secretário-Geral da OIC, Yousef Al-Othaimeen, apresentou as suas mais profundas condolências às famílias das vítimas dos ataques e ao Governo e povo de Moçambique.

O Secretário-Geral reiterou a posição de princípio da OIC contra todas as formas de terrorismo e extremismo.

A Organização de Cooperação Islâmica (OIC) é a segunda maior organização depois das Nações Unidas, com 57 estados membros espalhados por quatro continentes.

A Organização é a voz coletiva do mundo muçulmano e esforça-se para salvaguardar e proteger os interesses do mundo muçulmano no espírito de promover a paz e a harmonia internacionais entre vários povos do mundo.

A Organização foi estabelecida por decisão da cimeira histórica que ocorreu em Rabat, Reino do Marrocos, a 25 de setembro de 1969.

Em 1970, a primeira reunião da Conferência Islâmica de Ministros das Relações Exteriores (ICFM) foi realizada decidiu estabelecer um secretariado permanente em Jeddah chefiado pelo secretário-geral da organização.

Além disso há princípios com os quais os Estados-membros da Organização devem se comprometer: igualdade completa entre os Estados-membros; respeito ao direito de autodeterminação e a não ingerência nos assuntos internos dos Estados-membros; respeito à soberania, independência e integridade territorial de cada Estado; a resolução de todo conflito que puder surgir entre os Estados-membros por meios pacíficos como a negociação, mediação, conciliação ou arbitragem; o engajamento de se abster, nas relações entre os Estados-membros, de recorrer à força, ou de ameaçar de recorrer à força contra a unidade e integridade territorial ou independência política de um desses Estados-membros.

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.