Os 10 países mais corruptos de África.

A organização Transparency International, divulgou recentemente o seu último relatório anual do Índice de Percepção da Corrupção. Mercados Africanos leu uma cópia do relatório, onde se verifica que 90% dos 180 países pesquisados ​​pontuaram abaixo de 50, o que significa que a corrupção é uma doença que domina a quase totalidade do planeta.

Infelizmente, 44 desses países com índices de corrupção muito baixos estão situados em África e, se levarmos em consideração que africa tem um total de 54 países, não há dúvida de qual é o continente mais corrupto do mundo.

 

O que é corrupção?

A organização Transparency International, combate a corrupção global por meio de medidas anticorrupção combinadas e define-a como um vício social em que;

“O abuso do poder confiado é usado para ganho privado”.

“A corrupção corrói a confiança, enfraquece a democracia, dificulta o desenvolvimento económico e exacerba ainda mais a desigualdade, a pobreza, a divisão social e a crise ambiental”.

Em todo o continente africano, a corrupção está a ser alimentada por vários fatores, como autoritarismo, instabilidade política/institucional e várias formas de desafios de segurança causados ​​por conflitos violentos como o terrorismo.

 

O Índice de Percepção de Corrupção

A organização Transparency International, usa o índice de percepção de corrupção para classificar os países de todo o mundo em uma escala de zero a 100; sendo que zero é o mais corrupto e 100 o menos corrupto.

O índice surgiu pela primeira vez em 1995 e desde então acompanha a evolução corrupção do setor público em todo o mundo, sendo considerado fiável e de extrema confiança.

Note-se que o índice, tal como o nome indica, não aponta para se de facto um país é ou não corrupto, aponta para a percepção que o povo de uma nação, tem da acção da força governativa do seu país. Mas lá diz o ditado, “onde à fumo, há fogo”.

É de notar que neste último relatório (2021), a pontuação média do índice do continente africano é de 33; o mais baixo entre todos os continentes.

 

A lista

África, consegue ter na sua listagem, o país mais corrupto do mundo, o Sudão do Sul, com o índice mais baixo do mundo 11/100 e claro que os nossos PALOP também teriam que estar representados, com os nossos vizinhos da Guiné-Bissau que com o índice de 21/100 é o 10º país mais corrupto do mundo.

Mas nem tudo são más notícias, também temos um país entre os 25 menos corruptos do Mundo, as Seicheles, mais precisamente o 23 país menos corrupto do mundo, com um índice de corrupção de 70/100.

Fica aqui então a lista dos 10 países mais corruptos de África e a sua posição no mundo.

  1. Sudão do Sul: Este país tem um índice de percepção de corrupção de 11, a mais baixa do mundo, e a sua posição relativa no mundo é de 180/180.
  2. Somália: Este país tem um índice de percepção de corrupção de 13, e a sua posição relativa no mundo é de178/180.
  3. Líbia: Este país tem um índice de percepção de corrupção de 17, e a sua posição relativa no mundo é de 172/180.
  4. Guiné Equatorial: Este país também tem um índice de percepção de corrupção de 17, e a sua posição relativa no mundo é de 171/180.
  5. República Democrática do Congo: A RDC tem um índice de percepção de corrupção de 19, e a sua posição relativa no mundo é de 169/180.
  6. Burundi: Este país da África Oriental também tem uma pontuação de 19 no índice de percepção de corrupção, e a sua posição relativa no mundo é de 168/180.
  7. Chad: O Chad tem um índice de percepção de corrupção de 20, e a sua posição relativa no mundo é de 165/180.
  8. Sudão: Tem um índice de percepção de corrupção de 20, e a sua posição relativa no mundo é de 164/180.
  9. Comores: A pontuação do índice de percepção de corrupção desta nação insular também é 20, e a sua posição relativa no mundo é de 163/180.
  10. Guiné-Bissau: Tem um índice de percepção de corrupção de 21, e a sua posição relativa no mundo é de 162/180.

 

O índice dos PALOP

Apenas como extra, indico aqui os índices e as posições dos países dos PALOP por ordem dos menos corruptos que são:

  1. Cabo Verde, 2º país menos corrupto de África com o índice de 58/100 e posicionado em 39/180 no Mundo.
  2. São Tomé e Príncipe, o 7º país menos corrupto de África com o índice de 45/100 e posicionado em 66/180 no Mundo.
  3. Angola, o 31º país menos corrupto de África com o índice de 29/100 e posicionado em 136/180 no Mundo.
  4. Moçambique, o 38º país menos corrupto de África com o índice de 26/100 e posicionado em 147/180 no Mundo.
  5. Guiné-Conacri, o 39º país menos corrupto de África com o índice de 25/100 e posicionado em 150/180 no Mundo.
  6. E claro, em último na lista, a Guiné-Bissau, o 45º país menos corrupto de África com o índice de 21/100 e posicionado em 162/180 no Mundo.

 

Conclusão

Se analisarmos bem esta lista reparamos que se intrometem no meio apenas 7 outros países o que significa que os 10 países mais corruptos de África ficam contidos dentro dos “17 mais corruptos do Mundo”.

Este índice não é bom para nenhum país africano, está na altura de abrirmos os olhos e percebermos que, afinal a corrupção, não faz parte do nosso dia a dia e ela só existe porque nós a toleramos.

Cabe-nos a nós recusar esse apelo e quando para fazermos um negócio nos pedem para “passar dinheiro por baixo da mesa” (gasosa, luvas, etc) cabe-nos a nós dizer NÃO. É claro que é complexo, pois se o fizermos podemos perder uma boa oportunidade de negócio, mas se não o fizermos o círculo nunca vai ser rompido.

 

O que achas deste índice de corrupção? É negativo para a imagem dos PALOP que um destes países seja a Guiné-Bissau? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

Os 20 negócios mais procurados em África

Imagem: © DR 
close
pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.