Quénia: 35 mil famílias, nas áreas rurais, vão ter luz em casa

No Quénia, as iniciativas para aumentar o acesso à eletricidade a todos multiplicam-se e, desta vez, as áreas rurais são as mais visadas.

A Rural Electrification and Renewable Corporation (Rerec) (A sociedade de Renováveis e Eletrificação Rural) lançou um projeto para conectar pelo menos 35.000 residências à rede elétrica nacional.

Chamado de Projeto de Eletrificação de Instalações Públicas (EPFP), a iniciativa no valor de 50 milhões de dólares permitirá à Rerec construir 2.850 quilómetros de linhas de transmissão em 33 municípios.

Também se prevê a instalação de 1.200 transformadores para esse fim. De acordo com o presidente-executivo da Rerec, Peter Mbugua, a meta é construir longas linhas de transmissão, algumas das quais cobrem cerca de 52 quilómetros, para alcançar áreas remotas que nunca tiveram eletricidade.

“A maioria dessas linhas de energia terá como alvas instalações públicas, incluindo centros de saúde, escolas, mercados e centros urbanos. Em seguida, faremos o que é chamado de maximização do transformador, em que todas as residências e propriedades dentro de um perímetro de 600 metros de um transformador serão conectadas à rede”, disse ele.

O projeto é apoiado financeiramente pelo governo queniano e parceiros de desenvolvimento, incluindo o Banco Árabe para o Desenvolvimento Económico na África, o Fundo da OPEP para o Desenvolvimento Internacional, o Fundo Saudita para o Desenvolvimento e o Fundo de Abu Dhabi.

A implantação do projeto levará dois anos. Algumas das empresas contratadas já começaram a trabalhar com a instalação de dezenas de quilómetros de linhas de transmissão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.