As autoridades quenianas baniram o plástico descartável em suas reservas florestais. A decisão visa limitar a poluição das reservas por resíduos plásticos, o que afeta a biodiversidade. Os infratores das novas regras estarão sujeitos a prisão ou multa pesada.

As autoridades quenianas estão mesmo a ir mais longe na aplicação da lei de 2016 que proíbe o despejo de resíduos nas florestas.

O Serviço Florestal do Quênia (KFS) agora proibiu o plástico descartável nas reservas florestais do país.

A proibição abrange produtos como garrafas de água descartáveis ​​de plástico, talheres descartáveis, sacolas plásticas , cotonetes de algodão, confeitaria e lanches, sanitários descartáveis, lenços umedecidos, artigos de higiene embalados em plástico.

“O objetivo geral é evitar a poluição de plástico em todas as reservas florestais, educar os utentes , promover as alternativas apropriadas aos plásticos de uso único, consciencializar o público sobre as leis existentes e como elas são aplicadas”, explica o KFS.

A agência governamental declara ainda que a decisão será rigorosamente aplicada em instalações de passagem, trilhos florestais, áreas para piquenique, plataformas de árvores, passeios em viaturas, visitas guiadas, atividades de aventura, e nos assentamentos em reservas florestais.

De acordo com o Serviço Florestal do Quênia (KFS), a proibição do plástico descartável abrange todas as suas reservas florestais, que têm uma área total de 2,59 milhões de hectares. O mesmo regulamento será aplicado nos 1,7 milhões  de hectares de florestas manejadas pelos municípios. O KFS indicou que a proibição do plástico será acompanhada de programas de conscientização para os usuários das reservas florestais.

Também haverá ações e programas de consciencialização  entre as comunidades que moram perto das reservas florestais. O KFS também prevê sanções contra violadores das novas regras. Por exemplo entre 3 e 10 anos de prisão e multas que podem ir até  aos 3 milhões de xelins quenianos (cerca de 30.000 milhões de dólares).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.