Queres aprender a fazer “filmes”? A MTF ensina.

 

A MultiChoice Talent Factory (MTF), vai entrar no seu quinto ano e vem apelar, mais uma vez, à candidatura de criadores para o seu programa de formação em cinema e televisão de classe mundial que arranca em Outubro deste ano!

A MultiChoice, procura mais uma vez 60 aspirantes a criadores de conteúdos de cinema e TV, vindos da África Austral, África Ocidental e da África Oriental para fazerem parte do novo programa de 2023.

As candidaturas estão abertas a todos os cineastas emergentes com alguma experiência na indústria ou qualificação pós-escolar relevante. Esta é uma excelente oportunidade para os interessados, melhorarem as suas competências de produção de televisão e cinema.

Por isso… Gostas de fazer filmes? Achas que nasceste para realizador de cinema ou de TV? Então candidata-te à Talent Factory Academy de 2023!

 

O curso

O currículo combina estudos de cinema, como realização, design de som e empreendedorismo no cinema, para citar alguns, onde também está incluído prática no local de trabalho das principais produções da M-Net.

O programa de 12 meses, totalmente financiado, está aberto a candidatos de países da África Austral, Ocidental e Oriental. Os candidatos ingressarão em academias, consoante a região, onde serão acompanhados por três diretores da MTF. Atinuke Babatunde (África Ocidental), Victoria Goro (África Oriental) e Christopher Puta (África Austral).

Para além da formação prática que todos os alunos receberão, como parte do programa, receberão ainda uma experiência melhorada de formação por parte das parcerias da Academia, que incluem a New York Film Academy (NYFA), a Henley Business School, a Dolby e a Canon, entre outros.

A MultiChoice Africa, também está empenhada em construir e sustentar o canal de formação para o emprego na indústria cinematográfica e televisão africana. Por isso, a iniciativa MTF também visa uma divisão 60/40 a favor das mulheres desde o seu início.

 

Os diretores das academias

África Ocidental

A par com o seu histórico de experiência na M-Net através do Africa Magic desde 2014, Atinuke Babatunde liderará a Turma de 2023 com mais de 20 anos de experiência.

“Esta não poderia ser uma oportunidade mais emocionante para os criadores de conteúdos de cinema e TV africanos”.

“Há tantas histórias no nosso continente que necessitam de ser contadas e documentadas com competência e paixão que apenas um programa como o da pode formar jovens para fazê-lo”.

“Mal posso esperar para fazer parte desta jornada,” Afirmou a diretora da Academia da África Ocidental, Atinuke Babatunde.

África Oriental

A diretora da Academia da África Oriental, Victoria tem 31 anos de experiência em produção cinematográfica e é uma das especialistas em produção de documentários mais procuradas no Quénia.

“Como alguém apaixonada por formação e partilha de conhecimento, não há nada que possa igualar o nível de conhecimento e experiência prática que a Turma de 2023 irá obter”.

“O facto de o programa da MTF resultar também na criação de empresas de produção por ex-alunos após a graduação, prosperando desse modo no autoemprego, diz tudo o que necessitam saber sobre o sucesso deste programa,” afirmou Goro.

África Austral

Com 15 anos de experiência em produção de áudio e vídeo, o diretor da academia da África Austral, Christopher Puta, acredita que o crescimento da indústria de cinema e TV em África começa com o fornecer aos jovens a oportunidade de produzir conteúdo de qualidade.

“Ao equipar os alunos com o que é necessário para serem profissionais de cinema e TV de classe mundial, o programa da MTF está efectivamente a elevar a próxima geração de criadores de histórias em áfrica.” Afirmou Puta.

 

A candidatura

Antes de te candidatares, lê o que a diretora da MTF, Nwabisa Matyumza disse do curso:

“O apoio contínuo das partes interessadas, parceiros e estudantes tem sido impressionante, e não poderíamos estar mais animados por termos alcançado o nosso quinto ano”.

“Esta é uma das principais iniciativas do MultiChoice Group e é por isso que investimos diretamente em jovens cineastas africanos”.

O curso tem a duração de 1 ano (12 meses) e é totalmente financiado pela MultiChoice Group, portanto quem conseguir entrar, não precisa de investir nada no curso, a não ser a sua força de vontade e o seu futuro.

Por isso, se creditas que tens o que é preciso para ser o novo Spielberg africano não hesites e candidata-te já.

As candidaturas decorrem até sexta-feira, 3 de Junho de 2022, por isso se estás interessado inscreve-te já AQUI.

 

O que achas deste curso? O que pensas desta oportunidade dada pela MTF? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

BAD abre concurso para estilistas

Imagem: © 2022 MultiChoice Group
close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.