Rapper Nas investe na empresa de jogos africana Carry1st.

A editora de jogos para telemóveis Carry1st, com sede na África do Sul e em Nova Iorque, levantou 20 milhões de dólares num acordo liderado pela empresa de capital de risco americana Andreessen Horowitz.

Esses 20 milhões são, na realidade, uma extensão do financiamento da série A conseguido em maio de 2021 pela empresa cofundada em 2018 por Cordel Robbin-Coker, Lucy Hoffman e Tinotenda.

Entre os investidores estão o rapper americano Nas, os fundadores da empresa de pagamentos nigeriana Chipper Cash, Google, Avenir Growth Capital e vários antigos investidores aumentaram a sua participação na empresa Carry1st.

“Estamos muito satisfeitos de ter feito o nosso primeiro investimento numa empresa com sede em África, a saber: Carry1st […] Vemos uma oportunidade para a empresa ter os mesmos sucessos excecionais que vimos em mercados como a Índia, China e Sudeste Asiático”, disse David Haber, sócio da Andreessen Horowitz.

Oito meses após ter “arrecadado” 6 milhões de dólares, a editora de jogos e conteúdo interativo com foco na África, Carry1st, garantiu investimentos adicionais e está a considerar expandir a sua equipa e operações no continente.

A Carry1st acredita que esse grupo de investidores trará além do capital, a sua experiência nas áreas de jogos, fintech e web.

A empresa, que atualmente tem uma equipe de 37 pessoas espalhadas por 18 países, planeia usar esse financiamento adicional para expandir os seus negócios de publicação de jogos em toda a África.

A Carry1st também planeia expandir o seu portfólio de conteúdo interativo, fortalecer a sua equipa de engenheiros e multiplicar as suas receitas atraindo novos usuários por meio de contratos de codesenvolvimento a serem assinados com estúdios de jogos.

De acordo com dados publicados no site da empresa, a África terá o dobro de jogadores de vídeo em 2027 do que a América do Norte atualmente.

A empresa continua a dizer que o continente será o próximo grande mercado de crescimento para jogos, globalmente.

Num relatório publicado em 2021 com a Newzoo, a Carry1st estima que as receitas de videogames devem crescer 728% nos próximos 10 anos.

 

O que achas dos jogos de vídeos de conteúdo africano? E do investimento do rapper NAS? Queremos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.