RDC quer liderar produção africana de baterias industriais.

 

O Presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, na presença do seu homólogo zambiano Hakainde Hichilema, abriu o Fórum Empresarial de África que decorre nesta quarta-feira, 24 de novembro 2021, na capital, Kinshasa, tal como Mercados Africanos tinha noticiado.

“A RDC, que está no centro da produção de baterias elétricas, deve não só assumir a liderança da produção regional, mas também desenvolver o mercado para resolver o problema da pobreza da população”, disse ele.

Aproveitou a ocasião para convidar os seus homólogos africanos a aproveitarem a oportunidade de construir em conjunto a indústria de baterias elétricas no mercado automóvel, que representa 8,8 mil milhões de dólares.

Por seu turno, o presidente da Zâmbia disse estar “ciente de que este fórum pretende mudar as coisas no continente africano”. Para tal, apelou a “utilizar os nossos recursos de forma muito responsável, examinando as perdas sofridas para mudar as estratégias”.

A RDC possui 2/3 da reserva mundial de cobalto estimada em quase 25 milhões de toneladas de cobalto.

Até 2025 o cobalto será utilizado para produzir 145 milhões de carros elétricos e, em 2030 quase 250 milhões de veículos.

Essa procura por carros elétricos, tem que passar de 130.000 toneladas para 250.000 toneladas.

Quanto ao lítio, a maior reserva do mundo está localizada em Manono, na província de Tanganica (sudeste da RDC) com quase 400 milhões de toneladas.

África pretende assim entrar numa cadeia de valor no mercado industrial de baterias, veículos elétricos e energias renováveis.

A transição global para a energia verde e a rápida descarbonização impulsionam a procura por veículos elétricos e neste contexto, oferecem-se oportunidades significativas para a África.

A RDC assim como a maior parte dos países africanos, ricos em recursos minerais, exportam matéria-prima e não produtos transformados que têm mais-valia acrescentada.

No Fórum sob o lema “Fomentar o Desenvolvimento de uma Bateria, Veículo Elétrico e Cadeia de Valor de Energia Renovável e Mercado em África”, devem ser identificadas oportunidades e facilitados investimentos para aumentar a participação da região em energias limpas.

Recorde-se que minerais estratégicos para componentes de baterias, o íon e lítio têm um papel essencial na transição energética no mundo. Por isso este evento ocorre no país certo, a República Democrática do Congo (RDC).

Este país da África Central que produz certa de 70% do cobalto, um mineral essencial e critico na produção de baterias, está no fim da cadeia de valor e só retém cerca de 30% do valor que representa esta cadeia.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.