Reino Unido disponibiliza 116M de dólares.

A Tanzânia vai receber do Reino Unido, 116 milhões de dólares em financiamento para implementar uma estratégia que facilite o aumento do acesso das crianças à educação.

Apesar dos progressos realizados nos últimos anos, o sistema educativo da Tanzânia tem dificuldades para atender totalmente as necessidades expressas por sua população.

Como tal, após o Brexit e em pleno reforço das suas relações com os seus parceiros africanos, o Reino Unido quer fazer do sector da educação um novo eixo de cooperação com a sua antiga colónia.

Esta informação foi avançada por Vicky Ford, Ministra britânica para a África, durante uma visita que realizou à Tanzânia na primeira semana de Abril de 2022.

Apelidado de “Shule Bora” (Melhor Escola na sua sigla em Sualí) o novo programa visa melhorar os resultados de aprendizagem para crianças, com foco particular nas raparigas, crianças com deficiência e aqueles que vivem em áreas desfavorecidas.

No total, mais de 4 milhões de crianças deverão beneficiar de uma educação de qualidade graças a este programa, apoiado pelo Reino Unido que consistirá, nomeadamente, na melhor formação de professores e em ajudar “o governo a melhorar a relação qualidade-preço do ensino ministrado na escola”.

De acordo com a Agência de Desenvolvimento dos EUA (USAID), 66% dos professores na Tanzânia dizem que não têm materiais adequados nas suas salas de aula para ensinar leitura, escrita e aritmética.

“O Reino Unido é líder mundial em educação e acreditamos firmemente que a educação é crucial para nivelar o campo de jogo em todo o mundo. Continuamos determinados a melhorar o acesso à educação de qualidade em África”, disse Vicky Ford.

 

O que achas deste apoio do Reino Unido? E dos investimentos na educação na Tanzânia? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

Imagem: © 2017 Holt / UNICEF
close
pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.