O Grupo CDC, uma instituição financeira de desenvolvimento detida pelo Reino Unido, vai investir mil milhões de dólares este ano em áreas como a infraestrutura e o setor financeiro, e está a ponderar entrar nas telecomunicações na Etiópia, disse o líder do grupo numa entrevista.

Os investimentos “vão ser particularmente focados este ano na aceleração dos investimentos relacionados com o clima e com a tecnologia”, disse Nick O’Donohoe, antecipando que o Egito, Etiópia, Quénia e Nigéria deverão ser os destinos primordiais das apostas desta instituição.

Para além disso, “somos um grande investidor em infraestrutura e vamos continuar a ser”, acrescentou o CEO do grupo.

A promessa de investimento surge como uma boa notícia para um continente que perdeu 25 a 40% do investimento direto estrangeiro em 2020, segundo o relatório da Organização da Cooperação e Desenvolvimento Económico e da União Africana.

A experiência da pandemia de covid-19 fez com que esteja a ser dada “mais atenção aos investimentos na saúde e os governos obviamente que precisam de apostar nessa área”, acrescentou O’Donohoe, vincando que “o setor privado também deverá ter um papel acrescido nestes investimentos”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.