O Ruanda é um país pequeno, densamente povoado, conhecido como “a terra das mil colinas” por causa da sua paisagem montanhosa. O Ruanda também é conhecido por sua estabilidade política, alto nível de segurança e as contínuas melhorias no ambiente de negócios e possui uma infraestrutura bem desenvolvida.

O progresso sustentado do país resultou em conquistas significativas a nível social, por exemplo uma diminuição significativa dos índices de pobreza, com um índice de alfabetização de 71%. Não obstante a modernização bem-sucedida, o Ruanda ainda é predominantemente uma economia agrícola. Perto de 80% da população vive principalmente da agricultura, sendo o café e o chá as principais culturas de exportação. Ruanda possui uma infraestrutura bem desenvolvida

Apesar do Ruanda ter este ano o crescimento mais lento dos últimos 20 anos devido aos efeitos do novo coronavírus, a taxa de crescimento para o ano fiscal de 2020 será de 2% em comparação com os 9,1% em 2019, mas as estimativas apontam para uma retomada de crescimento de 6,3% e 8% em 2022 respetivamente.

Em 2021 o Ruanda voltará a ser um dos países em desenvolvimento de rápido crescimento e estará entre os principais países africanos que os investidores visitam com frequência. Eis algumas das razões que atrai investidores internacionais:

  1. Segurança e estabilidade política no país:

Tem uma das mais baixas taxas de criminalidade e corrupção do continente.

  1. Acesso a um grande mercado:

Possui um mercado de mais de 12 milhões de pessoas com um desenvolvimento econômico em rápido crescimento e também é um centro de entrada para a África Oriental em processo de integração rápido, com um potencial de mercado de mais de 140 milhões de consumidores e sua localização a leste da RDC no Congo, Ruanda tem um importante função central no comércio sub-regional.

  1. Ambiente de negócios propício:

Segundo o relatório Doing Business 2020, do Banco Mundial, o Ruanda é o segundo país africano, depois das Ilhas Maurícias, com o melhor ambiente de negócios e 38º a nível mundial.

  1. Oportunidades de investimento inexploradas

As oportunidades potenciais para investimento são abundantes em Ruanda, particularmente nos seguintes setores:

Infraestrutura: transporte ferroviário e aéreo para desenvolver ainda mais o Ruanda como um hub da Comunidade Económica da Africa Oriental.

Agricultura: Existe um potencial sério de agricultura e horticultura, principalmente para café, chá, frutas, legumes e flores. Os investidores neste sector encontram boas condições. O clima é temperado, com duas estações chuvosas oferecendo oportunidades para múltiplos ciclos de crescimento por ano. O governo também está disposto a fornecer terras agrícolas para investidores privados.

Energia: renováveis, fora da rede, gás metano, hidro.

Tecnologia da informação e comunicação

Outros setores atraentes para investimento incluem imobiliário e construção, serviços financeiros e mineração.

  1. Zonas Econômicas Especiais

O governo de Ruanda estabeleceu zonas econômicas livres nos arredores da capital, Kigali. A fase 1, que está operacional, tem 98 hectares. A fase 2, atualmente em desenvolvimento, ocupará 178 hectares.

As instalações incluem estradas asfaltadas e acesso à rede viária, acesso à Internet por fibra ótica e água. Essas zonas foram projetadas para acomodar indústrias de grande escala, indústrias de fabricação pesada e leve, venda a grosso, produtos químicos, produtos farmacêuticos e plásticos, armazenagem, indústrias de serviços e empresas de TIC

  1. Impostos e incentivos fiscais

Regime tributário favorável para investidores estrangeiros, como uma tributação mais baixa sobre lucros e importações isentas de impostos de matérias-primas e máquinas.

  1. Fatores de baixo risco

Outros riscos comuns, como secas prolongadas, ataques terroristas, conflitos armados ou altas taxas de inflação instável, são igualmente baixos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.