Rui Andrade, Campeão Europeu de Automobilismo, é angolano.

O piloto angolano Rui Andrade, foi recebido nesta terça-feira, 16 de Novembro de 2021, na Cidade Alta, em Luanda, pelo Presidente da República de Angola, João Lourenço.

Rui Andrade, sagrou-se campeão europeu de automobilismo da série Endurance Le Mans 2021, na categoria LMP2, ao terminar em segundo lugar a prova de quatro horas disputada, a 24 de Outubro de 2021, no Autódromo de Portimão, no Algarve.

Apesar do piloto ter terminado em segundo lugar a corrida, bastava-lhe concluir a prova, tendo em conta a pontuação do campeonato, na altura.

“Campeões Europeus da LMP2 Pro-am! Muito obrigado à minha equipa G-drive racing e aos meus colegas John e Gustavo pelo excelente trabalho este ano. E também um agradecimento especial aos meus colegas Pietro Fittipaldi e Roberto Merhi. Não teríamos chegado aqui sem vocês”, escreveu o piloto no Twitter.

Foi também através desta rede social que o piloto recebeu as felicitações do presidente angolano, João Lourenço, que twitou “esta vitória de um jovem angolano, na Europa, nesta modalidade, constitui para nós motivo de orgulho nacional”.

Além da apresentação da taça, Rui Andrade, que se fez acompanhar da ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento Neto, e do pai, Rui Falcão, ofereceu ao Presidente angolano, como lembrança, um exemplar da camisola usada no ato da celebração da conquista do campeonato.

“Fiz questão que o Presidente tivesse uma igual a que usei depois de me tornar campeão”, destacou ele, segundo escreveu o Jornal de Angola.

Segundo o piloto, de 23 anos, João Lourenço “Deu-me os parabéns pelo título e disse ser um orgulho para todos nós ter um angolano a representar o país na Europa”, realçou o corredor, para quem constituiu “um grande orgulho ser recebido pelo Presidente”.

Rui Andrade disse ser um grande orgulho representar Angola nessa competição, que considerou de alto nível, salientando ter carregado sempre a bandeira do país consigo no fato, no capacete, bem como levar a bandeira ao pódio.

“Vencer o título e pôr o nosso carro como campeão, com a nossa bandeira, para representar o país, foi um orgulho enorme”, destacou.

E acrescentou “o meu objetivo é competir, no próximo ano, no campeonato do mundo e o nosso foco passaria, obviamente, por voltar a vencer”, frisou.

Questionado se almeja, um dia, chegar à Fórmula 1, Rui Andrade respondeu favoravelmente, mas disse ser um alvo difícil de ser alcançado, devido ao apoio económico necessário. “É muito difícil chegar a este nível, mas, com os resultados que temos obtido, nunca devemos desistir do sonho, porque este continua a ser o meu foco”, ressaltou.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.