Sadio Mané dá vitória ao Liverpool.

Sadio Mané, dá um sabor a África à passagem do Liverpool, para a final da Liga dos Campeões, ao marcar o golo da vitória. O jogo contra o Villarreal, que acabou com 3 golos para o Liverpool e 2 para o Villarreal, que dominou completamente a primeira parte, só ficou decidido aos 74 minutos, com o golo de Mané.

Com esta vitória, o Liverpool marca a terceira presença, nas últimas 5 edições, na final da Liga dos Campeões. A equipe espanhola do Villarreal ainda chegou a sonhar com a final de Paris, chegando ao intervalo a vencer por 2-0, com a eliminatória empatada.

A equipa espanhola, dominou completamente o jogo, diante de uma equipa inglesa irreconhecível que só apareceu na sua máxima força na segunda parte, com o colombiano Fabinho a marcar o primeiro, Luiz Días a fazer o empate e Sadio Mané a marcar para a vitória.

 

A primeira parte

Na primeira parte, o Villarreal assumiu desde logo o jogo e partiu para cima do Liverpool e, logo a abrir, reduziu para metade a desvantagem que trouxe de Inglaterra. A transpirar confiança por tudo o que era lado, a equipa espanhola abriu o marcador logo aos 3 minutos, com Estupiñan a cruzar da esquerda, Capoue amorteceu junto ao segundo poste para a finalização fácil do senegalês Dia

Seria de esperar uma reação do Liverpool nos minutos seguintes, mas nada aconteceu, pelo contrário, o Villarreal que mandava em campo, tendo inclusive, mais posse de bola.

A equipe amarela encheu o campo perante a passividade da vermelha e conseguiu maior profundidade sobre as alas, com Gerard Moreno a cair sobre a direita para combinar com Lo Celso e Estupiñan a subir bem pela esquerda para lançar Coquelin.

O meio-campo do Liverpool, que se tinha comportado de forma magistral em casa agora não tinha pernas para travar as sucessivas vagas dos espanhóis. Salah bem tentava remar contra a maré, mas, sempre com uma mudança acima de Diogo Jota e Mané, raramente conseguiu abrir espaços na área de Rulli.

O Villarreal procurava por transições rápidas e, numa delas, Lo Celso lançado por Gerad Moreno, chocou de forma aparatosa com Alisson na área, claramente para penalti, mas o árbitro mandou seguir o jogo.

O segundo golo chegou ainda antes do intervalo. Capoue destacou-se sobre a direita e cruzou ao segundo poste onde surgiu Coquelin a cabecear em direção às redes. O La Ceramica explodiu em festa. A eliminatória estava totalmente empatada e o Villarreal deixava claro que tinha armas para derrubar o gigante Liverpool.

 

Do Díaz para a noite

Na segunda parte, Jurgen Klopp o treinador alemão do Liverpool, apostou na troca de Diogo Jota que mal tinha aparecido no jogo, por Luis Díaz e, na realidade, sentiu-se imediatamente a diferença, com o Liverpool a procurar construir jogo de trás para a frente, agora com mais bola.

Com o Liverpool a reassumir a condução do jogo, o empate chegou em apenas cinco minutos, com dois golos de rajada. Fabinho, com muita liberdade, descaiu sobre a direita, combinou com Salah, simulou um cruzamento, mas em vez disso, rematou junto ao primeiro poste, com a bola a passar por entre as pernas de Rulli.

Com esse golo, o Liverpool recuperava a vantagem na eliminatória e assumiu a condução do jogo. Pouco depois, Luis Díaz, marca, de cabeça, o golo do empate, na sequência de um grande cruzamento de Alexander-Arnold.

Os espanhóis ainda ensaiaram uma fraca tentativa de contra-ataque, mas deitaram tudo a perder. Com um jogo mais aberto, o Liverpool foi ensaiando transições e, aos 74 minutos, Rulli saiu fora da área, e Sadio Mané aproveita a oportunidade e dá a vitória ao Liverpool.

Com este golo, Sadio Mané, ultrapassa Didier Drogba como o africano com mais golos na Champions.

O Villarreal, de braços caídos, não foi capaz de reagir, tendo ainda a equipe espanhola ficado reduzida a dez, depois de Capoue ver um segundo amarelo, num final de jogo em que o Liverpool desperdiçou várias oportunidades para dilatar a vantagem.

 

Conclusão

Com esta vitória e graças a Mané, o Liverpool continua na luta por quatro títulos esta época. Já venceu a Taça da Liga, vai discutir a final da Taça de Inglaterra com o Chelsea, está na luta pela Premier League, a um ponto do Manchester City e já tem lugar garantido para a final da Liga dos Campeões em Paris.

 

O que achas desta vitória? Sadio Mané, já poderá ser considerado o melhor jogador africano do momento? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

CAN2021: Mané e Mendy dão a 1ª estrela ao Senegal

Imagem: © 2022 Liverpool 
close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.