Samuel Eto’o novo “patrão” do Futebol Camaronês.

Samuel Eto’o Fils, o ex-capitão dos Leões Indomáveis ​​da Seleção Camaronesa, foi eleito neste sábado dia 11 de Dezembro de 2021 presidente da Federação Camaronesa de Futebol (FECAFOOT) no final da assembleia geral desta associação desportiva.

O antigo “terror” do FC Barcelona, ​​Inter de Milão e Chelsea terá durante os próximos quatro anos a responsabilidade de recolocar o futebol camaronês nos eixos.

De um colégio eleitoral de 76 delegados, incluindo 74 eleitores compostos, entre outros, de líderes de clubes e representantes do comércio, Samuel Eto’o obteve 43 votos, superando de longe seu principal adversário, o presidente cessante Seidou Mbombo Njoya, que obteve 31 votos.

Recentemente, vários candidatos apoiaram Samuel Eto’o, que também contou também com o apoio da maioria dos desportistas incluindo a lenda do futebol camaronês e africano Roger Milla.

Muitos camaroneses acreditam que a sua imensa carreira internacional constitui uma mais-valia para o renascimento do futebol dos Camarões.

Conforme desejado pela maioria dos camaroneses, Samuel Eto’o Fils foi eleito novo presidente da FECAFOOT, obtendo 43 votos contra 31 para o presidente cessante Seidou Mbombo Njoya.

Samuel Eto’o realiza um de seus sonhos mais queridos: liderar o futebol camaronês, no qual durante muito tempo atuou como jogador.

Com 40 anos de idade, o quádruplo “Bola de Ouro africana”, inicia esta nova função num contexto em que o futebol camaronês está a passar por dificuldades, em particular por causa da falta de organização observada dentro da sua federação.

Esta eleição à frente da FECAFOOT ocorre um mês antes do início da Taça das Nações Africanas (CAN) que se realizará precisamente nos Camarões a partir de 9 de janeiro de 2022.

O artilheiro da história dos Leões Indomáveis liderará o futebol camaronês nos próximos quatro anos apoiado por uma equipe prestigiosa de ex-internacionais, que o apoiaram durante a sua campanha, como Rigobert Song, Joseph Antoine Bell, Geremi Njitap, Idriss Carlos Kameni, Emmanuel Maboang Kessack e Roger Milla.

Recorde-se que Samuel Eto’o Fils marcou a história do futebol camaronês, africano e mundial.

É o melhor jogador africano da história, ganhou a Taça das Nações Africanas em 2000 e 2002; Campeão olímpico em 2000; Melhor marcador da Taça das Nações da África em 2006 (5 golos) e 2008 (5 golos); Melhor marcador do Campeonato Espanhol em 2005 (25 golos) e 2006 (26 golos); Melhor marcador da Taça da Itália em 2011 (5 golos); Maior número de assistências na Liga dos Campeões em 2006 (4 assistências).

É, portanto, um campeão de futebol que chega ao topo da disciplina e que deverá agora provar que tem visão e pode organizar.

O que pensa sobre isto? Será que Eto’o pode mudar o futebol camaronês? Dá-nos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.