A startup africana de tecnologia transfrontal Chipper Cash, com sede em San Francisco, Califórnia, obteve um financiamento de 13,8 milhões de dólares americanos.

Criada em 2018 por um Ganês e um Ugandês oferece serviços financeiros móveis para os seguintes países: África do Sul, Gana, Uganda, Nigéria, Tanzânia, Ruanda e o Quênia.

A startup de tecnologias ligadas aos serviços financeiros (FINTECH), Planet42, com sede na África do Sul, que fornece acesso à mobilidade para sucursais bancárias, conseguiu um financiamento de 2,4 milhões de dólares americanos.

Lançado em 2017 o Planet42 possibilita a compra de carros para a sua clientela em grande parte sem acesso a créditos bancos. A startup usa um algoritmo de pontuação automatizado para processar os pedidos dos clientes com base em agências de crédito, acessibilidade e dados alternativos. Se o pedido for aprovado, o Planet42 analisa os documentos de validação do cliente antes de comprar o carro na concessionária e alugá-lo ao cliente.

Até agora, quase 2.000 veículos foram entregues aos clientes dessa maneira. A startup está a analisar as oportunidades para expandir-se para outros mercados africanos onde oferecerá motocicletas e outros tipos de mobilidade, além de carros.

A Sun Exchange, startup sul-africana de leasing solar, que acaba de conseguir 4 milhões de dólares americanos quer expandir-se para os países vizinhos da Namíbia e Zimbábue. Criado em 2015, o Sun Exchange permite que qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, compre células solares localizadas remotamente para alimentar escolas, empresas e outras organizações.

O Sun Exchange acaba de ter o trimestre mais movimentado de todos os tempos, apesar do confinamento na África do Sul.

A startup de agro tecnologia tanzaniana East Africa Fruits espera chegar a mais de 10.000 agricultores e 15.000 empresas e expandir-se para novos mercados, depois de obter 3,1 milhões de dólares americanos. Noventa e sete por cento das vendas são para o mercado local, especificamente Dar Es Salaam e Zanzibar, os três por cento restantes como exportações.

A Cookshop, um serviço de entrega de comida Monróvia, na Libéria, é uma startup que conecta produtores locais de alimentos com consumidores através de uma plataforma de comércio eletrônico B2C. Com a pandemia a Cookshop aumentou de forma significativa a entrega de alimentos e triplicou suas receitas.

A Bringo Fresh do Uganda e eMsika da Zâmbia são outras duas startups africanas que administram plataformas de comércio eletrónico agrícola e de alimentos e estão a ter uma enorme procura devido a pandemia.

A startup etíope Store251 fornece produtos artesanais e produzidos por designers locais – novos e bem estabelecidos – e vende-os on-line para clientes internacionais.

Fundada em 2014, a Store251 oferece mercados para produtos “Made in Ethiopia”, como bolsas, calçados e acessórios, combinando esses produtos exclusivos produzidos localmente com entrega rápida a clientes estrangeiros. Quer colaborar com outros estilistas africanos e expandir-se para os mercados africanos.

Lançada em Abril a start up nigeriana E Dey Shop criou um aplicativo baseado no WhatsApp que ajuda os compradores a encontrar produtos, serviços ou instituições em qualquer lugar do país.

Por exemplo, um comprador pode fazer perguntas, como “onde posso encontrar lojas que vendem tinteiros em Kaduna?”, e o aplicativo responde com ofertas de mais de 200 comerciantes registados da E Dey Shop, juntamente com informações extraídas da web.

A Nigéria está repleta de atividades empresariais, tanto online quanto offline e  a start up facilita os retalhistas a conseguir novos clientes e a gerir os seus negócios, ao aproveitam as redes, plataformas e comportamentos comerciais que eles já conhecem .

No Gana, a empresa de manutenção imobiliária Peponi Gruppe, fundada em 2017, transformou-se com sucesso numa empresa de tecnologia, desenvolvendo um aplicativo móvel para serviços de manutenção que está a ter um forte crescimento mensal. O aplicativo móvel permite que as pessoas se conectem aos serviços de canalização, eletricidade e limpeza e tenham fornecedores à porta em menos de 45 minutos. Depois do êxito tido no Gana e os planos apontam para Nairobi, Quênia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.