Startups arrecadaram 400M dólares em Janeiro.

Com uma única operação, a InstaDeep da Tunísia, foi a primeira das Startups no continente em termos de recursos captados neste primeiro mês do ano de 2022.

Mas em número de operações concluídas, África do Sul e Quénia são líderes, segundo dados da Intelligence by Techpoint, noticiados pelo magazine online da especialidade We are tech.

No primeiro mês de 2022, as startups africanas, 32 no total, arrecadaram 419 milhões em 34 rondas de financiamento, informou o Intelligence by Techpoint, o braço de dados e pesquisa da plataforma de informações Techpoint.

“As startups no Quénia e na Tunísia garantiram coletivamente 46,7% desse valor total. Os provedores de serviços financeiros tiveram a maior participação com 25,3%, seguidos de perto por startups de comércio eletrónico e retalho online, com 24,6% e inteligência artificial com 23,7%”.

A Tunísia foi o primeiro país do continente a obter um financiamento em 2022, através de uma única operação, nomeadamente a angariação de fundos realizada no final de janeiro pela InstaDeep, que atraiu 100 milhões de dólares.

A Tunísia é seguida de perto pelo Quénia, que acumulou 95,74 milhões em fundos mobilizados e subiu para o segundo lugar no continente.

Em seguida vêm o Gana (55 milhões em fundos arrecadados), África do Sul (33,88 milhões), Egito (33,3 milhões) e Uganda (30 milhões).

Em termos de número de ciclos de financiamento concluídos, o Quénia e a África do Sul são líderes no continente, com 6 operações realizadas para cada um destes países.

Mais uma vez, as Startups fintech foram as empresas de tecnologia mais financiadas no continente no primeiro mês de 2022, com um total de 106,52 milhões arrecadados em 13 negócios.

As empresas de comércio vêm em segundo lugar com 101,60 milhões arrecadados; seguido por inteligência artificial (100 milhões) e saúde (36,10 milhões).

De acordo com dados da plataforma Intelligence by Techpoint, a maioria dos recursos arrecadados foi na forma de série B, ou seja, 107,40 milhões, depois na forma de financiamento inicial, 90,18 milhões e na forma de financiamento da série C, 78 milhões.

 

O que achas dos investimentos nas startups? Vale a pena apostar monetariamente nas Fintech? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Veja Também:

Startups africanas: 4 mil milhões de dólares em 2021

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.