São Tomé e Príncipe – Petróleo: Valaris Drilling vai começar a perfurar.

A fim de expandir a sua presença no continente africano e melhorar as suas capacidades de produção, a Shell anunciou recentemente as novas diretrizes que estabeleceu para atingir esse objetivo.

A Valaris Drilling conquistou o contrato da “gigante” anglo-holandesa Shell para a perfuração dos poços PEL 39 e Jaca-1, localizados respetivamente na Namíbia e em São Tomé e Príncipe, segundo o magazine, Offshore Energy. As obras estão programadas para começar no quarto trimestre de 2021 e serão realizadas com a plataforma de perfuração DS-10 por aproximadamente dois meses. O PEL 39 cobre os blocos 2913A e 2914 B e Jaca-1, bloco 6.

Em relação ao custo da transação, a Valaris não deu detalhes.

No entanto sabe-se que a média diária de um navio sonda da empresa é de 193 mil dólares em 2021 e será de 214 mil dólares no ano seguinte.

De referir que este programa de exploração da Shell decorre da aquisição, em setembro de 2020, de ativos detidos pela americana Kosmos Energy.

Especificamente, trata-se do bloco 42 no Suriname, blocos 6, 10, 11 e 13 em São Tomé, PEL 39 na Namíbia e Northern Cape Ultra Deep na África do Sul.

Recorde-se que a Namíbia depende dos seus recursos minerais que representam cerca de 10% do PIB nacional.

Quanto a São Tomé e Príncipe, a sua economia encontra-se fortemente polarizada em torno do setor agrícola, enquanto o setor da energia tem tido muitas dificuldades para arrancar desde a eclosão da Covid-19.

Recordamos que desde o início do ano, a empresa é uma das perfuradoras offshore mais ativas na procura e obtenção de contratos.

Só no primeiro trimestre de 2021, a Valaris conseguiu fechar dezasseis novos contratos.

Desde então, a empresa fechou mais nove negócios e com estes dois últimos, com a Shell, a empresa conseguiu agora 11contratos.

 

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.