O Fundo Africano de Desenvolvimento aprovou na quarta-feira (18/11) doações no valor de 28,233 milhões de dólares americanos  para o Sudão para fortalecer o sistema de saúde do país para que possa responder eficazmente e conter a pandemia COVID-19, mitigar os seus impactos sociais e econômicos e construir resiliência a futuras pandemias, incluindo o clima.

O financiamento terá a forma de um subsídio do Fundo Africano de Desenvolvimento de 26,470 milhões de dólares americanos e um subsídio de 1,764 milhões de dólares americanos  proveniente do Pacote de Apoio Transitório do Banco Mundial. As subvenções são desbloqueadas ao abrigo do COVID-19 Response Facility do Banco Africano de Desenvolvimento.

O primeiro componente incluirá o aumento das unidades de cuidados intensivos (UCI), equipamentos médicos e infraestrutura e o estabelecimento de centros de isolamento.

O segundo elemento incluirá sensibilização e envolvimento da comunidade sobre o uso de máscaras e outras práticas de higiene, bem como esforços ante estigma.

O terceiro testes laboratoriais e vigilância epidemiológica e resposta rápida, bem como treino e adoção de procedimentos de teste padrão.

O quarto componente é para o recrutamento, gestão  e funções administrativas do projeto.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.