Sudão vai instalar 1170 bombas de irrigação a Energia solar

No Sudão, a irrigação faz parte da estratégia das autoridades para melhorar a produção agrícola e as tecnologias a energia solar permitem a sua implantação em áreas não ligadas à rede elétrica.

O Ministério de Energia e Petróleo do Sudão planeia implantar mais de mil bombas de irrigação movidas a energia solar em terrenos agrícolas e já pediu recentemente a manifestação de interesse dos agricultores para implantar um total de 1.170 bombas de irrigação movidas a energia solar.

As bombas serão instaladas no Kordofan do Norte, no centro do país, e no Kordofan Ocidental, mais ao sul. O projeto faz parte de um programa financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD).

Os agricultores interessados ​​no programa têm até o dia 14 de setembro para manifestar seu interesse.

O montante concedido pelo BAD não foi especificado no documento do convite à manifestação de interesse.

No entanto, há dois anos, o BAD concedeu um empréstimo de 21,7 milhões de dólares para a instalação de 1.170 bombas nos estados do Kordofan do Norte e Oeste.

Além da instalação de 1.170 bombas de irrigação movidas a energia solar, o projeto também inclui reparos e manutenção das mesmas.

O projeto prevê ainda o fornecimento de equipamentos para um laboratório de testes.

O Sudão tinha uma capacidade de geração solar fora da rede de 18,58 MW no final de 2020, de acordo com a Agência Internacional de Energia Renovável.

Recorde-se que bombas de irrigação movidas a energia solar é uma proposta inovadora e de alta durabilidade.

O sistema de energia solar de bombeamento de água tem substituído sistemas abastecidos com geradores a diesel, que na maioria das vezes consomem muito combustível, o que encarece o sistema e diminui os lucros, além de ser uma péssima opção na questão de sustentabilidade, já que é um grande emissor de poluentes no meio ambiente.

Além disso, o sistema de bombeamento a energia solar, oferece menor custo e frequência de manutenções e um aumento significativamente no rendimento.

Além disso tudo, a falta do motor a diesel ou a gasolina faz com que a bomba a energia solar não emita ruído, evitando, dessa forma, a poluição sonora, bem como, do ar e da água que é captada.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.