“Idealmente, não iremos para um confinamento, eu não irei para um confinamento, esta administração não irá para um confinamento…, o que quer que aconteça no futuro, quem sabe que administração será… acho que o tempo dirá”, disse o Chefe de Estado dos EUA.

Foi a declaração feita por Trump, na Casa Branca, em Washington, quando se referia aos avanços no desenvolvimento de vacinas e terapêuticas para combater o SARS-CoV-2.

Esta foi a primeira conferência de imprensa de Trump desde que foi anunciada pelos media americanos a vitória do candidato democrata e agora Presidente eleito, Joe Biden.

Nos primeiros comentários, a imprensa americana destacou que foi a primeira vez que Trump não denunciou ilegalidades (não comprovadas) no processo eleitoral e admitiu, até, que pode não ser o vencedor das presidenciais.

Quase imediatamente depois, Trump fêz marcha atrás e foi rápido em dizer que “não concede nada”.

“Ele ganhou porque a eleição foi fraudada”, escreveu Trump no Twitter, junto com teorias infundadas sobre o acesso de observadores nas eleições e contagens de votos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.