Uma africana integra o CA da Aliança para a Inclusão Financeira

A Vice-Governadora do Banco Central da Tunísia (BCT), Nadia Gamha, foi nomeada para o Conselho de Administração da Alliance for Financial Inclusion (AFI), em representação da região do Norte da África e Médio Oriente (MENA) para o período de 2021-2023, segundo noticia divulgada nesta quinta-feira, 9 de setembro 2021, pela Agence Túnis Afrique Presse.

Foi na sequência da 6ª Assembleia Geral Anual da AFI, realizada na quarta-feira, 8 de setembro, por videoconferência, que esta nomeação foi aprovada.

Diplomada pelo Arab Maghreb Finance Institute (Mestrado em Gestão bancária), antes de ser Vice-Governadora, Nadia Gamha, ocupou vários cargos de responsabilidade dentro do Banco Central da Tunísia: vice-diretora de Supervisão de Bancos e Instituições Financeiras Especializadas, diretora Administrativa de Supervisão Bancária no Instituto de Emissão e diretora de gabinete do governador do BCT.

Estabelecida em janeiro de 2008, a Aliança para a Inclusão Financeira (AFI na sua sigla em Inglês) é uma aliança de liderança política pertencente e dirigida por bancos centrais membros e reguladores financeiros.

Foi fundada com base na ideia de que uma plataforma global de troca de conhecimento era a chave para expandir e melhorar as políticas de inclusão financeira.

O seu principal objetivo é promover a inclusão financeira a nível regional e internacional e é uma aliança de liderança política liderada por bancos centrais e instituições reguladoras financeiras com o objetivo comum de promover a inclusão financeira nos níveis nacional, regional e internacional.

Tem parcerias com reguladores, organizações internacionais e líderes do setor privado para encontrar e implementar soluções práticas e facilitar a implementação de mudanças políticas, aprendizagem, troca de conhecimento e transformação que impactem e avancem a inclusão financeira.

A plataforma africana no seu da AFI, sediada em Abidjan, Costa do Marfim, é a AfPI na qual os participantes do continente se podem apoiar para desenvolverem políticas de inclusão financeira, estruturas regulatórias e para coordenar a formação capacitação regional.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.