Uma das linhas férreas mais antigas (1850) de África vai ser renovada.

Uma das principais prioridades do governo egípcio é a modernização da infraestrutura ferroviária e reflete a intenção dos governantes de estabelecer o caminho de ferro como o principal meio de transporte do país.

Nesse sentido o South Korean Import-Export Bank (Korea Eximbank) anunciou na quarta-feira, 22 de setembro 2021, que se comprometeu – através do seu Fundo de Cooperação para o Desenvolvimento Económico (EDCF) e do programa EDPF (um mecanismo sul-coreano de promoção do desenvolvimento económico) – a financiar a modernização da linha Luxor – Asuan no sul do Egito.

O financiamento que será fornecido na forma de um empréstimo é de um montante total de 312,25 milhões de dólares, para os quais os compromissos dos doadores ascendem a 251,61 milhões para o EDCF e 60,64 milhões para o EDPF.

Construído desde 1850, o eixo ferroviário financiado é uma linha de 224 km que é a única parte de uma rede de 962 km que ainda não foi renovada.

De acordo com o Korea Eximbank, a infraestrutura, devido ao envelhecimento das instalações, estava subdesenvolvida, resultando em baixas velocidades de operação e frequentes acidentes de segurança.

No entanto, este é um trecho essencial para aceder “às principais atrações turísticas egípcias, como o templo de Luxor e o Vale dos Reis, e que também desempenha um grande papel no movimento logístico de vários produtos agrícolas produzidos a jusante do Nilo”.

De acordo com o Korea Eximbank, “quando o projeto for realizado, deverá contribuir muito para o desenvolvimento económico do Egito, ao aumentar a velocidade e a pontualidade da operação dos comboios, e vai revitalizar a indústria do turismo melhorando o ambiente logístico”.

Para a história, em 1833, Muhammad Ali Pasha, considerou a construção de uma linha de caminho-de-ferro entre o Suez e o Cairo para melhorar o trânsito entre a Europa e a Índia, na altura não foi possível devido a conflitos com os franceses.

Muhammad Ali morreu em 1848, e em 1850 o seu sucessor Abbas I contratou Robert Stephenson para construir o que viria a ser o primeiro caminho-de-ferro de bitola padrão do Egito e um dos primeiros do continente.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.