A agência UMOA-Titres publicou o programa da fase 3 de emissão dos Títulos Sociais Covid-19 cujo montante global a ser arrecadado pelos Estados da região, exceto Togo, Burquiina Faso e Guiné-Bissau será de 671,13 mil milhões de FCFA. O prazo das operações é de um mês, em comparação com o de 3 meses nas duas primeiras fases.

Este primeiro calendário cobre o período de 27 de outubro a 10 de novembro de 2020. O Senegal, que procura 103,13 mil milhões, deve ser o primeiro, seguido da Costa do Marfim a 2 e 6 de novembro com a ambição de conseguir 200 mil milhões e 100 mil milhões respetivamente.

Por outro lado o Mali, o Benim e o Níger vão pedir 25 mil milhões, 133 mil milhões e 110 mil milhões de FCFA, respetivamente, nos dias 3, 4 e 1 de novembro de 2020. Deve-se notar que a segunda fase permitiu aos Estados de angariar 831 mil milhões de FCFA entre 28 de julho e 13 de agosto de 2020, contra 1.200 mil milhões de 27 de abril a 14 de maio de 2020.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.