Variante c/10 Mutações: A um mês do Natal, Mundo treme de medo.

Esta nova variante do Coronavírus seria capaz de fazer pelo menos 10 mutações, contra duas para a variante Delta.

No entanto, a descoberta, em Hong Kong, bem como na Bélgica, da variante em  passageiros com origem na África do Sul levanta temores de que o encerramento das fronteiras já seja tarde demais e um vento de pânico está a ganhar o Mundo.

Esta nova variante descoberta na África do Sul por uma equipa de cientistas levanta temores de uma aceleração da epidemia de Covid-19 em todo o mundo. Potencialmente mais contagiosa, corre o risco de enfraquecer a estratégia da vacinal global, devido ao seu grande número de mutações.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera este novo desdobramento preocupante e uma reunião de urgência foi realizada nesta sexta-feira para determinar o quão perigoso é.

Este pânico surge na sequência de um anuncio de cientistas sul-africanos nesta quinta-feira 25 novembro 2021, sobre a descoberta de uma nova variante do Covid-19, conhecida como B.1.1.529, que parece ser extremamente contagiosa e que se acredita ter várias mutações que podem torná-la resistente às vacinas existentes.

De acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul (NICD), 22 casos, a maioria jovens, foram identificados nesse país da África Austral.

Outros casos foram relatados no Botsuana um caso também foi registado em Hong Kong e outro na Bélgica, em pessoas que tinham viajado da África do Sul.

“O número de casos detectados e a percentagem de testes positivos estão a aumentar rapidamente”, disse o NICD. A disseminação desta nova variante parece fulgurante.

A África do Sul, que tinha vindo a registar cerca de 500 casos por dia desde o início de outubro 2021, subiu esta semana para uma média de 3.000 casos por dia.

“O que nos preocupa é que esta variante pode não só ter uma capacidade de transmissão aumentada, mas também ser capaz de contornar partes do nosso sistema imunológico”, disse o professor Richard Lessells da equipa de pesquisa sul-africana.

Em resposta, o Reino Unido suspendeu todos os voos da África do Sul, Namíbia, Lesoto, Eswatini, Zimbábue e Botswana e espera-se que outros países façam o mesmo nas próximas horas.

Veja Também: Nova variante: Pânico nas Bolsas Mundiais

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.